4 anos de um sonho

Hoje, este humilde blog conhece seu quarto ano de vida. Mais que uma felicidade para mim, foi o início da construção de um sonho: falar de games pra quem quisesse ler, ver e ouvir.

Começou como um lugar para resumir minhas opiniões aos amigos. Centralizar o que achava de jogo X ou console Y para que eu não tivesse que contar a mesma história para 50 pessoas diferentes. A partir dessa ideia boba, o site foi crescendo e, com isso, um leque de possibilidades se abriu pra mim. Eu, que sempre fui programador e sequer me via escrevendo diariamente, comecei a tomar este hobby como algo libertador e gostava cada vez mais de fazê-lo.

Jornal Cinform

Falando sobre jogos de corrida em um jornal local

Meus planos foram além: melhorei minhas habilidades em web, aprendi a mexer com o Photoshop (algo que sequer dava valor) e comecei a fazer podcasts e editar vídeos e posta-los no YouTube. Eu queria fazer com que este blog virasse um site de fato, mas, como diz o ditado, “uma andorinha só não faz verão”.

Mesmo assim, insisti. Chamei amigos, mudei layout, fiz um canal do site para o YouTube e os planos não paravam. Fui até São Paulo cursar Crítica de Videogames, com a Flávia Gasi, e lá descobri que meu trabalho é melhor do que pensava. Cobri a E3 2014 ao lado dela e do Della Corte pelo canal Fatality e pensei: eu amo fazer isso.

Canal Fatality

Cobertura da E3 pelo canal Fatality: Aline (à esquerda), Flávia (escondida), Della e eu

Nesse caminho, no entanto, o Press A Key foi ficando meio de lado. As pessoas que trouxe para me apoiar na empreitada foram se distanciando e eu, em meio a tantos afazeres, tive que deixa-lo um pouco de lado também, mas nunca sem esquecê-lo. Como deixar pra trás aquilo que te fez redescobrir-se? Este blog me trouxe conhecimento, respeito, atenção e carinho.

Mas hoje, ele é e será aquilo que sempre foi, mas, em meus sonhos megalomaníacos, não o tratava como tal. Um blog de fato. Não continuará “abandonado”, pelo contrário. Continuarei a postar com frequência aqui, mas agora não com a obrigação que eu me impusera anteriormente. Não porque eu necessito postar conteúdo, mas apenas porque amo fazer isso.

Desta forma, não estranhe o lado pessoal que você deve encontrar a partir de agora. O Press A Key não é mais um projeto de site institucional, mas apenas um simples e humilde blog. O blog do King, do Ricardo, do Adelson e de quem mais quiser escrever. O blog de leitores que querem um conteúdo simples, mas diferente.

Após quatro anos, o Press A Key volta ao seu melhor. Sem pressa, sem obrigação, mas com carinho, amor e o trabalho absurdo de sempre. Que venham muitos outros anos.

P.S.: o objetivo de ter um site de games se cumpriu. Conheçam também meu novo trabalho: puloduplo.com.br.