Category Archives: E3

E3: Dia 1 – Battlefield 3, Halo 4 e PS Vita

Olá, fanáticos e viciados por jogos. Aqui estou eu para dar a vocês um super resumo do que aconteceu nesta segunda lá na E3, a maior feira de games do mundo. Não ocorreram muitas revelações bombásticas, infelizmente, mas estamos apenas no primeiro dia e muita água ainda vai rolar. O dia pode ser resumido em uma palavra, na verdade: Vita! Tudo bem, o anúncio de Halo 4 foi legal, mas já era previsto. Os gameplays de Uncharted 3, Mass Effect 3, BF3, CoD:MW3, etc. foram ótimos, mas já vimos muita coisa de tudo isso. Além disso, a falta de inovações para o Kinect e para o PS Move só deixaram um gostinho de “tá faltando algo sensacional” no evento. Por isso, o raio-x que a Sony fez para o ex-NGP foi tão… AWESOME! Sem mais delongas, vamos começar a falar as impressões das conferências.

XBOX 360A Microsoft começou os trabalhos muito bem, com o Call of Duty: Modern Warfare 3, que comprova a briga acirrada que vai haver entre ele e BF3 como melhor shooter do ano. Mas não ficou por aí: Mass Effect 3, Tomb Raider, Gears of War 3, a safra de jogos para o XBOX360 será vasta e, mais importante, bem legal até o próximo ano. Após o anúncio de que Halo 4 vem aí, o sucesso estaria garantido, se não fosse por um detalhezinho chamado Kinect. O Kinect continua sem muita inovação e apagou um pouco o brilho que os principais jogos tinham por si só, além do fato de que a Microsoft já vinha divulgando vários dos planos da empresa antes mesmo do evento. No final, deu a sensação de que havia um grande palco para pouca inovação.

EAA EA, por sua vez, não trouxe muita coisa diferente ou surreal. Como foi dito no início da apresentação, eles não fizeram “um palco mirabolante” nem chamaram “celebridades aleatórias”. Concentraram-se na simplicidade, com um “palco pequeno, uma tela grande e 9 desenvolvedores para mostrar seus jogos”, e isso rendeu bons frutos. Afinal, pra que mais? Eles só tinham Mass Effect 3 (não muito diferente do ME2), Need For Speed: The Run (com algo parecido com GTA4), Star Wars: The Old Republic (sem muito mais o que falar), SSX (muito lindo), Fifa 12 (o “world’s game” com nova engine), Madden NFL 12 (sempre empolgante – confesso que me arrepiei com a apresentação do jogo), The Sims Social (porque jogos de Facebook dão dinheiro), Kingdoms of Amalur: Reckoning (que promete ser a grande surpresa do ano), e a grande expectativa, Battlefield 3 (sem comentários).

PSNPor fim, a Sony apareceu arrebentando tudo com a sequência da fantástica série Uncharted, mas os outros jogos mostrados (Resistance 3, NBA 2k12, Infamous 2, Starhawk, Dust, Bioshock Infinite) não empolgam tanto, até porque eles se concentraram mais no suporte de alguns games ao PS Move (como NBA 2k12 e Medieval Moves), tornando a apresentação pobre, já que nenhuma inovação para o PS Move foi mostrada. OK, Bioshock Infinite e Street Fighter x Tekken empolgaram sim, mas até o novo monitor 3D da Sony com split screen foi mais interessante que o Move. Porém, nada disso importava, porque todo mundo queria saber mesmo do NGP. Corrigindo, o PS Vita. Além de somente confirmar o nome do novo portátil, foi exibido todo um raio-x do aparelho e o gameplay de Uncharted: Golden Abyss e Little Big Planet para ele. Confesso que, mesmo não sendo muito fã de portáteis, o Vita me surpreendeu, pois conseguiu inovar algo que eu não via muito como fazê-lo. A qualidade gráfica é fantástica e as funcionalidades são inúmeras, e o demo de Little Big Planet mostrou muito bem isso.

Como eu assisti apenas ao início da (até onde vi, bastante divertida) apresentação da Ubisoft, fico devendo falar dela para vocês. Mas não se preocupem, pois faremos um review detalhado sobre cada conferência da E3, então vocês podem ter certeza que ainda vem muito mais informação por aí. E até amanhã!

Especial E3: os jogos mais esperados

Esquentando o blog pra Electronic Entertainment Expo, que começa em menos de 18 horas, estou aqui ansioso com todos os games que devem sair nos próximos meses. Títulos bastante empolgantes não faltam na edição 2011 da E3, que deve ter nada menos que 45 mil executivos de 200 companhias, e mais um número incontável de viciados, jogadores casuais e curiosos, presentes no evento. A empolgação é grande por todas as novidades que serão veiculadas por lá, como o sucessor do Wii e mais notícias do desenvolvimento do PS4, por exemplo. Mas, por enquanto, vamos nos concentrar nos games, já que tem muita coisa pra ser falado.

Assassin’s Creed: Revelations: o novo AC deve aparecer com Desmond, Ezio e Altair, todos jogáveis. Será que a Ubisoft conseguirá tornar o Revelations mais um sucesso de crítica e, claro, de vendas?

Battlefield 3: desde o anúncio do game, o pessoal está babando por vídeos e novidades. O evento é a oportunidade perfeita.

Battlefield 3

Battlefield 3

Bioshock Infinite: O que o jogo trará de novo, afinal? O céu.

Call of Duty: Modern Warfare 3: encerrando a trilogia, a Terceira Guerra Mundial vai ser violenta, fantástica e sensacional. Ao menos, no game.

Darksiders 2: o bom jogo ao velho estilo hack n’ slash, estilo Devil May Cry, reaparecerá com um novo Cavaleiro do Apocalipse: a Morte. No mínimo, empolgante.

Dead Island: mais um game de zumbis? Que nada! Dead Island promete ser O game de zumbis.

DMC: o novo Devil May Cry vem aí de cara nova e um novo Dante. Muitos estranharam a nova aparência do caçador de demônios, mas a diversão deve continuar a mesma.

the Elder Scrolls V: Skyrim: até agora, é tido como o mais lindo da franquia, mas dizem que também será o mais difícil.

Elder Scrolls V

Elder Scrolls V

FIFA 12: mais um título, mais renovações anunciadas, mesma rivalidade com o Pro Evo.

Final Fantasy XIII-2: Preciso dizer alguma coisa?

F.E.A.R. 3: Alma retorna, provavelmente pela última vez, para deixar seus sonhos (e dedos) ainda mais nervosos.

Gears of War 3: o jogo já vai ser lançado dia 20 de setembro, mas sempre há algo que pode ser revelado na E3.

Hitman Absolution: o Agente 47 está dando o que falar. O novo título promete ser o melhor da série. Será?

Kingdoms of Amalur: Reckoning: um novo título nem sempre traz muita atenção para si, mas esse é diferente. Principalmente quando tem por trás Todd McFarlane, o criador de Spawn.

Mass Effect 3: o fim da trilogia deve focar mais nos elementos de RPG e manter a diversão dos anteriores.

Metal Gear Solid Rising: não se sabe ainda se o Solid Rising dará as caras na E3, mas a esperança continua.

NBA 2k12: com o estrondoso sucesso da série, a versão 2k12 está sendo trancada a sete chaves. Ninguém sabe o porquê, já que não há rivais no mercado para os simuladores de basquete.

Prototype 2: quem diria, vai ter uma sequência, provavelmente mais brutal que a anterior. Diversão à vista.

Rage: game dos mesmos criadores de Doom. Ponto.

Star Wars: The Old Republic: com tantos vídeos, previews e notícias que saíram sobre SWTOR, será que ainda guardaram alguma coisa pro evento? Ah, eu aposto que sim…

Tomb Raider: “o início” da Lara Croft deve ser contado em um dos jogos mais empolgantes da série.

Uncharted 3: o game nem foi lançado e já tem gente dizendo que será o melhor game para PS3 do ano.

Uncharted 3

Uncharted 3

UFC Undisputed 2012: o game do octógono mais violento do mundo chega prometendo muito realismo. Os gráficos mostram que parecem estar no caminho certo.

X-Men Destiny: Mais um título na franquia X-Men e mais expectativas. Esperamos que não seja mais um game frustrante.