E se o Youtube comprar o Twitch?

E se o YouTube comprar o Twitch?

Vários de vocês já devem estar por dentro do “rumor” de que o YouTube (no caso, o Google) fez uma proposta de mais de US$1 BILHÃO para comprar o Twitch, site de streaming de vídeos conhecido pelas livestreams de games (e gamers famosos). Embora a proposta não tenha sido confirmada por nenhum dos dois sites, o que teremos se isso de fato acontecer?Claro que vocês já devem conhecer o Twitch. Provavelmente, acompanham o canal de algum gamer divertido ou algum grande jogador ou comentarista de e-Sports. Mas, e se essa transação for concretizada de fato? O que mudaria para os streamers e para o público em geral?

Andei pensando um pouco sobre isso e resolvi ler mais sobre ambos os serviços, assim como fui atrás da opinião de críticos e streamers pra saber o que todos esperavam e, no final, toda a expectativa pode ser resumida em uma lista simples.

InfraestruturaQuem costuma assistir a lives no Twitch, sabe que há algumas limitações que impedem uma qualidade maior dos vídeos no site. Comumente, vemos streamings com resolução abaixo de 360p e, mesmo que isso não seja somente culpa do site, é sabido que sua estrutura podia ser melhor. Uma união com o YouTube poderia prover uma melhor infraestrutura, com servidores mais potentes e estáveis e uma rede mais estruturada. Mesmo que não o Twitch possa continuar a ser um site separado do YouTube, com seu próprio regimento, 1 bilhão de dólares continua a ser uma ótima “ajuda” para uma reestruturação física e, por consequência, uma maior qualidade do serviço.

Google Plus

Um dos grandes medos é a famigerada integração com o G+. A rede social nunca caiu nas graças do pessoal e sua integração com o YouTube deixou todo mundo ainda mais descontente, já que agora você precisa ter uma conta na rede para comentar (adeus, anonimato). Se isso virar obrigatório também no Twitch, vai deixar muita gente com raiva.

Contudo, para sua alegria, essa obrigatoriedade pode estar com seus dias contados e nem ser aplicada ao site, como escreve Alexia Tsotsis, para o TechCrunch. Ela fala da saída de Vic Gundotra, idealizador do G+, do Google, e em como isso afeta a empresa, incluindo mudanças de pessoal e política da plataforma. “Uma grande mudança para o Google+ é que não haverá mais uma política de integração necessária com o Google+ para outros produtos da Google”, diz ela.

Anúncios

Isso é meio que uma faca de dois gumes. Por um lado, seria bom para o streamer, pois os anúncios do Google pagam mais que os do Twitch. Por outro lado, os diversos anúncios que alguns canais do YouTube têm espalhado pelos seus vídeos irritam um pouco o público. No entanto, o pessoal que assiste a lives sabe como é “viver de internet” e costuma apoiar o canal, seja com doações ou cliques em banners. Afinal, mais dinheiro pro canal ajuda a ter mais e melhores vídeos.

Id de Conteúdo

Você já deve ter visto toda a polêmica do ContentID do YouTube, que nós até já debatemos aqui no site, ainda no ano passado (se não sabe do que estou falando, basta acessar o link aqui). O bot, que derrubou vários canais (inclusive, famosos) e se tornou o maior temor dos produtores de conteúdo do site,  é também o maior medo de quem vive no Twitch. Afinal, diversos canais poderiam cair na “malha fina” dos direitos autorais e também serem banidos, e lives, justamente por serem ao vivo, não poderiam receber a mesma consideração de vídeos normais, não é?

"Monopólio"?

Se a compra ocorrer, quem vai competir com o YouTube? Quem vai causar “medo” ao Google e fazer com que o site de vídeos melhore? É de praxe surgir na Internet alguém inovador, que cresce a ponto de competir com alguém maior, mas quanto tempo teríamos de esperar até o próximo Twitch? Além disso, se um site ou serviço pequeno começa a dar trabalho, compre-o; é uma lógica comum nos negócios, e é difícil evitar que isso aconteça sempre que um “novo Twitch” surgir e brilhar.

Algo que você queira acrescentar à lista ou debater sobre um dos itens? Deixem nos comentários suas opiniões e impressões sobre essa possível compra do Twitch.