CBLoL 2015: Semana 4

Resumo do CBLoL 2015 – Rodada 4

Passamos da metade desta etapa do CBLoL e as equipes do topo começam a se separar das que estão embaixo da tabela. No entanto, mesmo que dependam apenas de si para chegar à fase final, um tropeço pode ser suficiente para deixar o conforto de lado. Esta semana 4 mostrou que é importante ficar de olho.

KABUM ORANGE x KABUM BLACK

No primeiro confronto do sábado, tivemos um jogo entre as duas Kabum: Orange contra Black. Ambas são consideradas bem fortes, mas também são muito equivalentes quanto à mecânica de jogo. Na Kabum Orange, o peso está em sua ida até o mundial (mesmo que não venha realizando disputas muito condizentes com tal fato). Na Kabum Black, o grande destaque é o ad carry Matsucase, que vem de uma ótima continuidade de partidas: mesmo quando seu time enfrenta alguma derrota, seu desempenho é muito diferente dos outros.

Duelo Kabum

Chamada do duelo entre as equipes irmãs

Desde os picks e bans, algo já parecia muito estranho para a Black: a escolha pela campeã Katarina – diga-se de passagem, uma assassina muito forte que, quando manipulada corretamente, pode levar o time à vitória. Essa opção foi estranha pois a Kabum Orange havia selecionado quatro campeões que se opunham (counter) à mecânica da campeã – vale lembrar que a escolha de Katarina foi a última, ou seja, sabia-se exatamente contra o que ia jogar e, mesmo assim, tentou usar a campeã, sem sucesso. Com um herói a menos, ficou muito simples para a Orange seguir para os objetivos e conseguir dragões e o Barão.

No segundo confronto, os picks and bans foram mais dentro do normal, com Kassadin e Gnar para a Kabum Black. Dessa vez, o jogo foi bem mais coordenado pelo time, o que fez com que a vitória fosse certa. Mesmo Lep conseguindo acertar bons teleportes, a team fight da Black foi mais bem organizada e sincronizada, o que fez com que a conquista de objetivos fosse mais fácil, deixando, assim, a série empatada em 1×1.

KEYD STARS x CNB

Graves

O Graves do Emperor foi um dos destaques da partida

A segunda md2 foi entre  Keyd Stars e CNB. Devido ao grande desempenho da segunda equipe na semana anterior, acreditávamos que a série seria ao menos difícil para a Keyd, mas não foi isso que observamos. Em ambas as partidas, notamos uma dominância incrível por parte da Keyd. Os destaques vão para DayDream, que realizou ótimos ganks desde o inicio, para Emperor, com um fantástico triple kill solo com seu Graves, e para Takeshi, que conseguiu manter o time sempre pressionando ou eventualmente pegando alguém fora de posição. Com a supremacia demonstrada pela Keyd nestes confrontos, é natural que o resultado terminasse 2 a 0.

DEXTERITY x JAYOB

A maior surpresa do domingo foi, com certeza, as vitórias da Dexterity em cima da Jayob. Acredito que ninguém esperava pelo resultado que ocorreu (nem mesmo os próprios jogadores), mas foi incrível de se ver. A Dex conseguiu realizar algo que até então não tinha feito: jogar como um time e manter o controle massivo da partida. Nas duas disputas, não houve um momento em que passasse a noção que a Jayob pudesse virar o jogo; nem mesmo as jogadas do mid laner Yetz com seu Zed puderam segurar o “trator” chamado Dex.

Zed

yeTz e seu Zed foram novamente anulados pelo adversário

O que dizer? Controle de torres das rotas, de dragão e barão, rápidas rotações na jungle… o jogo para a Dexterity foi excepcional. Por outro lado, a Jayob não vem apresentando um time muito consistente há alguns jogos, seja pela dependência direta do Yetz, seja pela falta de sincronia nas team fights, eles vêm obtendo derrotas amargas e, quem diria, perderam de 2 a 0 para o time “novato”. Vamos esperar que essa equipe consiga se recuperar e montar estratégias melhores e mais funcionais, pois seu estilo de jogo já está mais do que visível para os oponentes e isso pode lhe trazer muito mais problemas do que já enfrentam.

PAIN GAMING x INTZ

A última melhor de dois da semana foi a equilibrada série entre Pain e INTZ. Na primeira partida, a INTZ conseguiu manter um controle forte de jogo e não abriu grandes brechas para a Pain. Até mesmo Kami, que tem sido bastante regular no torneio, teve dificuldades para achar seu melhor posicionamento.

Uma das partes mais interessantes do jogo foi os bans realizados pela INTZ (Rengar, Nunu e Nidalee). Ao que parece, a Pain tinha uma composição um tanto quanto diferente para enfrentar seu oponente, que estava esperto e baniu os campeões corretos. Com isso, a equipe de Kami e brTT ficou bastante desconcertada e não conseguiu encaixar bem as suas lutas. Outra coisa estranha foi o fato de a Pain deixar Azir aberto para Tockers, que é um dos melhores jogadores com esse campeão. Com isso, a INTZ saiu na frente na md2.

Revolta e Takeshi

Revolta (à direita) tem sido um dos destaques da INTZ

No segundo duelo, os bans da INTZ permaneceram, mudando apenas o fato deles pegarem a Nidalee (que havia sido banida no jogo passado) e banindo Katarina. A equipe ainda fez alguns picks que pareceram estranhos, como a opção de Hecarim no topo (um campeão não tão comum), Nidalee na jungle (que começou a aparecer muito na LCS após algumas modificações na personagem) e Ezreal (que precisa muito de itens e de um inicio de jogo muito forte para conseguir ajudar seu time efetivamente).

Com uma excepcional proteção da Janna para com seu ad carry, que conseguia frequentemente impedir os ganks adversários, campeões como o Ez não conseguiram crescer no confronto, o que deu uma boa vantagem para a Pain. Diferentemente do jogo anterior, em que havia jogado com um Twitch, brTT optou então por um campeão mais seguro (no caso, a Sivir) e, dessa vez, conseguiu fazer uma diferença muito maior. O mesmo ocorreu com Leko e seu Gnar que, mesmo morrendo algumas vezes, se destacava nas lutas. Talvez pelo picks feitos, a INTZ ficou muito perdida e não acompanhava o forte ritmo da Pain, o que resultou em mais um empate na rodada.

brTT

Uma das boas partidas de brTT na volta à paiN

RESULTADOS FINAIS

KABUM ORANGE 1×1 KABUM BLACK
KEYD STARS 2×0 CNB
JAYOB 0x2 DEXTERITY
PAIN GAMING 1×1 INTZ

Tabela CBLoL - semana 4

Keyd divide a liderança com a INTZ. Jayob vai pra último.