Tag Archives: ac revelations

Revelações nada reveladoras

Tudo que tenho a dizer é que, depois das ações de marketing da Ubisoft usando a página do Facebook para instigar os fãs de Assassin’s Creed, com seus diversos teasers supostamente sem pé nem cabeça, essa jogada marketeira deu com os burros n’água. Se a tentativa era movimentar o público para o anúncio, que fora prometido há eras e realizado no último dia 5, sobre o novo AC, a Ubisoft deve ter ficado muito frustrada. “Droga… quem iria imaginar que iriam prestar TANTA ATENÇÃO nos nossos teasers?”, pode ter pensado o pessoal da empresa. “Hã… QUALQUER UM????”, penso eu. “Bah, mas essa jogada foi fantástica sim… todo mundo foi pra página deles, todo mundo se mobilizou e etc.”, você pode pensar. Eu vos digo: a movimentação ocorreu ATÉ a divulgação das descobertas no teaser. Fato esse *revelado* pela expectativa criada para a divulgação oficial do AC: Revelations. Pouca gente acompanhou a notícia com ânsia, até porque já se sabia que será lançado esse ano, já se sabia o nome do novo jogo, já se sabia que Altair… espere… será Ezio, ao contrário das indicações dos teasers, mostrando o nome de Altair pra lá e pra cá? DE NOVO? AAAAAAAAHHHH, espertinhos!!! E essa foi a grande revelação do anúncio.

Ficando velho, hein…

No último episódio da “trilogia de Ezio”, como foi chamada, o protagonista correrá e pulará pelos mesmos caminhos trilhados por Altair, assim como enfrentará os malditos templários, que nunca o deixam em paz. Mas a grande atração da sequência é que, como seu nome diz, muita coisa da história será revelada, e você finalmente não vai mais ficar a ver navios, sem entender bulhufas. Alexandre Amancio, creative director da Ubisoft, deu uma entrevista bastante interessante à Game Informer, citando como várias histórias poderão ser entendidas melhor com o Revelations – e o porquê de todo esse paparico com o Ezio -, como está o desenvolvimento do título e uma breve pincelada do que podemos esperar para o ACIII (em inglês).

Mas deixando um pouco os Assassinos de lado, a Blizzard *revelou* (ahn? ahn?), no último dia 9, um decréscimo no número de assinantes do MMO World of Warcraft, caindo de mais de 12 milhões de viciados, número alcançado após o lançamento da expansão Wrath of the Lich King, para “apenas” 11.4 milhões. Seria esse o início do fim da hegemonia? Parafraseando um desses vídeos bestas e famosos do YouTube, “hanram, Cláudia, senta lá”. A IGN frisou muito bem: uma boa parte destes 12 milhões faz parte do mercado chinês, que ainda não recebeu a expansão Cataclysm. Então, esses números podem acabar não representando muita coisa.

Continuando no ramo de revelações esperadas, essa foi tão esperada que ninguém esperava mais por ela. A Blizzard vai abrir a fase de beta testing de Diablo III (finalmente!) no terceiro trimestre do ano. Ninguém sabe se ele será aberto ou fechado, mas a data de lançamento do jogo – que é o mais importante -, ainda não foi divulgada. Mike Morhaime, presidente da Blizzard, citou mais uma vez que gostaria de vê-lo sendo lançado ainda esse ano, mas nenhuma data foi definida ainda. Pra mim, Mike Morhaime é um troll de altíssima categoria 😉

Revelações de Assassinos, Jedis e Bolas de Aço

Para bom entendedor, apenas o título basta. Como você já deve ter imaginado, o post é sobre o supostamente novo Assassin’s Creed e sobre  os guerreiros futuristas mais famosos do mundo de Star Wars: The Old Republic. Os rumores acerca dos dois títulos bombam pelos quatro cantos da Internet e, enquanto o primeiro é ainda apenas um boato, o último já está a pleno vapor e imagens e vídeos pipocam pra lá e pra cá na grande rede, e o site oficial está à procura de testers para o MMO.

Boato ou verdade?

O novo Assassin’s Creed nem foi divulgado ainda e os boatos estouram, e não é à toa. Primeiro, a Ubisoft já deixou claro que um novo Assassin’s Creed deve ser lançado ainda esse ano (como foi falado lá em Fevereiro, no post Curtinhas 002), o que já causou nos fãs ataques de ansiedade. Depois, há poucos dias atrás (mais ou menos dia 29 de Abril), um post na página do Facebook do jogo anunciou um teaser em que pouca coisa dava pra ser entedido e logo foi tirado do ar, mas rapidamente surgiram as conversas e foi descoberto um logo do jogo e o nome de Altair em árabe – pra quem não lembra, Altair é o main char de AC 1. A Ubisoft não comentou nada sobre o assunto, o que aumenta as suspeitas – já que não negaram – de que seja algo concreto, mas todas as nossas dúvidas serão tiradas esse mês.

Por outro lado, Star Wars: The Old Republic está indo de vento em popa, surgindo como mais um candidato a desbancar WoW (juntando-se a ele, estão Rift e DC Universe Online, já comentados em posts anteriores aqui no blog), e essa candidatura obtém mais força a cada dia. Segundo a EA, em reportagem veiculada pela GameVicio, SWTOR já possui cerca de 1,5 milhão de jogadores inscritos para testá-lo, ainda como closed beta, e a expectativa da EA é de 12 milhões de viciados após o lançamento, que deve acontecer nos próximos meses – segundo trimestre -, apenas para PC. Abaixo, tem um dos vários vídeos já lançados do jogo e, devo comentar, o gameplay parece ser fantástico.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=hTrr3FqL35c]

Por fim, pra quem estava esperando mais uma notícia do badass, aqui vai os requisitos mínimos e recomendados de Duke Nukem Forever, que deve sair nos dias 10 (EU) e 14 (US) de Junho:

Especificações mínimas:

  1. OS: Windows XP/Vista/7
  2. Processador: Intel Core 2 Duo@2.0 Ghz Athlon / AMD 64 X2@2.0 Ghz
  3. Memória: 1 Gb
  4. Hard Drive: 10 GB livres
  5. Memória de vídeo: 256 MB
  6. Placa de Vídeo: nVidia GeForce 7600 / ATI Radeon HD 2600

Especificações recomendadas:

  1. OS: Windows XP/Vista/7
  2. Processador: Intel Core 2 Duo@2.4 Ghz Athlon / AMD 64 X2@2.6 Ghz
  3. Memória: 2 Gb
  4. Hard Drive: 10 GB livres
  5. Memória de vídeo: 512 MB
  6. Placa de Vídeo: nVidia GeForce 8800 GTS / ATI Radeon HD 3850