Tag Archives: mike morhaime

Revelações nada reveladoras

Tudo que tenho a dizer é que, depois das ações de marketing da Ubisoft usando a página do Facebook para instigar os fãs de Assassin’s Creed, com seus diversos teasers supostamente sem pé nem cabeça, essa jogada marketeira deu com os burros n’água. Se a tentativa era movimentar o público para o anúncio, que fora prometido há eras e realizado no último dia 5, sobre o novo AC, a Ubisoft deve ter ficado muito frustrada. “Droga… quem iria imaginar que iriam prestar TANTA ATENÇÃO nos nossos teasers?”, pode ter pensado o pessoal da empresa. “Hã… QUALQUER UM????”, penso eu. “Bah, mas essa jogada foi fantástica sim… todo mundo foi pra página deles, todo mundo se mobilizou e etc.”, você pode pensar. Eu vos digo: a movimentação ocorreu ATÉ a divulgação das descobertas no teaser. Fato esse *revelado* pela expectativa criada para a divulgação oficial do AC: Revelations. Pouca gente acompanhou a notícia com ânsia, até porque já se sabia que será lançado esse ano, já se sabia o nome do novo jogo, já se sabia que Altair… espere… será Ezio, ao contrário das indicações dos teasers, mostrando o nome de Altair pra lá e pra cá? DE NOVO? AAAAAAAAHHHH, espertinhos!!! E essa foi a grande revelação do anúncio.

Ficando velho, hein…

No último episódio da “trilogia de Ezio”, como foi chamada, o protagonista correrá e pulará pelos mesmos caminhos trilhados por Altair, assim como enfrentará os malditos templários, que nunca o deixam em paz. Mas a grande atração da sequência é que, como seu nome diz, muita coisa da história será revelada, e você finalmente não vai mais ficar a ver navios, sem entender bulhufas. Alexandre Amancio, creative director da Ubisoft, deu uma entrevista bastante interessante à Game Informer, citando como várias histórias poderão ser entendidas melhor com o Revelations – e o porquê de todo esse paparico com o Ezio -, como está o desenvolvimento do título e uma breve pincelada do que podemos esperar para o ACIII (em inglês).

Mas deixando um pouco os Assassinos de lado, a Blizzard *revelou* (ahn? ahn?), no último dia 9, um decréscimo no número de assinantes do MMO World of Warcraft, caindo de mais de 12 milhões de viciados, número alcançado após o lançamento da expansão Wrath of the Lich King, para “apenas” 11.4 milhões. Seria esse o início do fim da hegemonia? Parafraseando um desses vídeos bestas e famosos do YouTube, “hanram, Cláudia, senta lá”. A IGN frisou muito bem: uma boa parte destes 12 milhões faz parte do mercado chinês, que ainda não recebeu a expansão Cataclysm. Então, esses números podem acabar não representando muita coisa.

Continuando no ramo de revelações esperadas, essa foi tão esperada que ninguém esperava mais por ela. A Blizzard vai abrir a fase de beta testing de Diablo III (finalmente!) no terceiro trimestre do ano. Ninguém sabe se ele será aberto ou fechado, mas a data de lançamento do jogo – que é o mais importante -, ainda não foi divulgada. Mike Morhaime, presidente da Blizzard, citou mais uma vez que gostaria de vê-lo sendo lançado ainda esse ano, mas nenhuma data foi definida ainda. Pra mim, Mike Morhaime é um troll de altíssima categoria 😉