Tag Archives: ps3

Lancamentos Fev-2014

Lançamentos do Mês – Fev/2014

Fala, galera, tudo bem com vocês? Já estamos em Fevereiro e, embora não tenhamos ainda as esperas “top da balada” do ano (talvez Castlevania seja a exceção disso), os lançamentos de peso estão começando a aparecer. Aqui estão os principais lançamentos de Fevereiro. Continue reading

Lancamentos Jan/2014

Lançamentos do mês – Jan/2014

Bom, todos nós sabemos que, não importa o ano, os lançamentos do mês de Janeiro são sempre poucos e dificilmente são blockbusters ou games divertidíssimos. Mantendo essa “tradição”, nesse ano, os games continuam um tanto “meia boca”, o que não é de todo ruim, pois nos dá um tempinho pra terminar a quantidade de jogos que compramos no ano passado e acabaram numa pilha, não é? Mas, se você, como bom gamer hardcore que é, já terminou tudo e mais um pouco ou simplesmente tá com uma graninha sobrando depois das festas de ano novo, que tal aproveitar essa deixa? Aqui estão os principais lançamentos de Janeiro de 2014! Continue reading

Ubisoft trollando

Hoje, a Ubisoft deve ter dormido mal e resolveu trollar todo mundo. Dois grandes títulos que sairiam nesse final de ano foram adiados para 2014, dando um tapa na cara da galera, mesmo que com intenções perdoáveis (ou não). Afinal, a empresa está bem focada na próxima geração e muito do que produzir terá de ser realmente estudado. Continue reading

Lançamentos - Setembro/2013

Lançamentos do Mês – Set/2013

Saudações reais, galera! Voltando pra falar dos principais lançamentos deste mês de Setembro, quando começa a preparação de fato para os grandes lançamentos do ano. Porém, começaram mais cedo em 2013, com o lançamento do super-esperado-e-aclamado-por-todos GTA V, que daremos uma atenção especial em um post específico para ele. Mas não se preocupem: vários outros games, como o surgimento de Diablo III para os consoles e a sequência do divertidíssimo Rayman, também estão na pauta. Preparem o bolso e bom divertimento.

Continue reading

Especial E3 2012: Conferência da Sony

King mais uma vez na área, pessoal, já continuando a saga das conferências que rolaram na E3. Hoje é dia da Sony, mas não esperem por muita coisa, pois a apresentação foi bem pobrezinha, ao meu ver. O fato de ser uma das últimas conferências prejudica, e acho que esse foi o caso da Sony, conforme falarei mais abaixo. Pois bem, deixa eu começar. Continue reading

Independência e Games

Gaming Brasil

Ouviram do Ipiranga um sonoro grito, mas aqui no Press A Key, a gente tá gritando por GAMES!! Afinal, a Independência foi garantida, já cantamos o hino e homenageamos nosso país e aqueles que lutaram por sermos uma nação tão rica e alegre (corrupta e sacana também, mas não dá pra gente comemorar por isso). Por isso começamos o mês com novidades a rodo, incluindo o retorno de Max Payne, o beta de Diablo III, PS3 mais barato e a capa do Pro Evolution Soccer 2012 para América Latina, divulgado há alguns instantes pela página do game no Facebook. Mas convenhamos… homenagem a esse país e a esse povo nunca são demais… Toca o hino aí!

“Ouviram do Ipiranga, às margens plácidas, de um povo heróico o brado retumbante”. Foram muitos os gritos clamando por uma sequencia de Max Payne, e ele finalmente está próximo de voltar. A Rockstar Games fez o favor de anunciar que Max Payne 3 deve ser lançado em março de 2012 pra PS3, XBOX360 e PC, e deverá ter uma versão multiplayer (claro). Segundo a publicação no site da Take-Two, o jogo está sendo feito utilizando as novíssimas tecnologias que eles dispõem, com a nova engine da Rockstar, a Rockstar Advanced Game Engine.

“E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, brilhou no céu da Pátria nesse instante”. Sem dúvida, o Brasil está muito bem iluminado. As grandes desenvolvedoras de consoles e games finalmente estão vendo o grande e promissor mercado de games da nossa terrinha e boas novidades não param de surgir. A Microsoft, por exemplo, anunciou no dia Primeiro desse mês que os games da Microsoft Games teriam uma redução de até 40% no preço. Além disso, anunciaram a pré-venda de Gears of War 3, já com o abatimento, por “módicos” R$129.

“Se o penhor dessa igualdade conseguimos conquistar com braço forte”. Braço forte que mantém a Ubisoft, com sua estratégia para ganhar terreno aqui na terrinha. Seguindo essa política, mais quatro jogos serão lançados com localização, ou seja, com legendas em português. Eles sâo: “As Aventuras de Tintim” (PS3 e Xbox360), “Raving Rabbids Alive & Kicking” (Xbox360 Kinect), e os esperados “Assassin’s Creed Revelations” (PS3 e Xbox360) e “Rayman Origins” (Xbox360).

“Em teu seio, ó Liberdade, desafia o nosso peito a própria morte”. Desafio também proporcionado pelo Senac, que abriu inscrições para o e-Games 2011, concurso de desenvolvimento de jogos digitais que já está em sua terceira edição. Os jogos são divididos em três categorias: VideoGames & PC, Mobile e Jogando na Nuvem. Os primeiros colocados em cada categoria serão premiados, respectivamente, com XBOX360, iPad2 e XBOX360 + Kinect. Os finalistas serão divulgados no início de Novembro e, no dia 19 do mesmo mês, deve acontecer o evento de premiação.

“Ó Pátria amada, idolatrada, salve! Salve!”. A Sony está amando tanto esse país que está barateando cada vez mais o PlayStation 3. Depois de passar um tempinho vendendo o console por um preço reduzido (pela “bagatela” de R$1599), eles resolveram vender ainda mais barato: até dia 31 de Outubro, o PS3 de 160GB estará disponível por R$1399 na Sony Style e nos revendedores autorizados. A iniciativa coincide com a temporada de grandes lançamentos para o aparelho, mas é claro que não é só uma coincidência. Claro…

“Brasil, um sonho intenso, um raio vívido de amor e de esperança à terra desce”. Sonho intenso é o que os fãs de Diablo têm tido todos os dias, esperando e esperando o tão aguardado Diablo III. Mas o raio de esperança desceu: o primeiro beta do jogo finalmente está disponível (não para mim e provavelmente nem pra você – somente para funcionários e familiares da nossa querida Blizzard) e podemos finalmente ter algo mais palpável do game, além de imagens e vídeos simples. A Kotaku Brasil divulgou alguns videos do beta, já que ninguém assinou contrato de confidencialidade algum (VIVA!!!) e você conferir a notícia aqui.

“Se em teu formoso céu, risonho e límpido, a imagem do Cruzeiro resplandece”. Quem está rindo muito é a Activision, por ganhar a primeira grande batalha CoD: Modern Warfare 3 x Battlefield 3. Depois de toda a confusão que rolou pelo site ModernWarfare3.com estar redirecionando seus visitantes para o rival, a Activision venceu a briga e ganhou posse do domínio, mesmo com o dono do site argumentando que “Modern Warfare é um termo genérico e não pode ser monopolizado por uma empresa”. Mamãe sempre disse pra não atiçar cachorro grande…

“Gigante pela própria natureza, és belo, és forte, impávido colosso, e o teu futuro espelha essa grandeza”. Duas gigantes – a forte fabricante de placas de vídeo NVIDIA e a bela empresa de entretenimento Warner Bros -, aproveitando-se da grandeza que o Batman Arkham City tem, divulgaram que todos que quiserem fazer um upgrade no seu desktop, colocando uma VGA de qualidade, ganharão também uma cópia digital do jogo. Como não são bobinhos, a promoção só vale para quem adquirir uma GeForce GTX 560 ou superior (pouco menos de US$200 lá fora).

“Terra adorada, entre outras mil, és tu, Brasil, ó Pátria amada!”. Adorado também é Game of Thrones que, com o surgimento da ótima série da HBO, ganhou uma fama repentina e a série de livros é tida como a sucessão de Senhor dos Anéis. Como tudo que chama muita atenção e faz muito sucesso (lógico que inclui-se a influência da ótima história), diversos produtos saem com o nome da franquia, e claro que as produtoras de jogos não deixariam escapar tamanha oportunidade. A Game of Thrones: Genesis já tem data de lançamento e gráficos muito interessantes. O jogo será um RTS que deverá se passar 1000 anos antes da história do primeiro livro e deverá sair no final desse mês, no dia 29, somente para PC. Claro que você pode ficar um pouco receoso com isso, mas como é o próprio George R. R. Martin que está construindo todo o roteiro, pode ficar mais tranquilo.

“Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!”

Pra terminar, a capa do Pro Evolution Soccer 2012 para a América Latina. Neymar, novo xodó do povo brasileiro, ao lado de Cristiano Ronaldo. Confira a notícia também na página do jogo do Facebook.

PES2012

Hora de baratear!

HoNWoW

Um novo tempo está chegando, um tempo que todos sonhávamos, especialmente nós, brasileiros. O tempo em que finalmente poderemos jogar aqueles títulos divertidos por preços menos exorbitantes (menos exorbitantes é diferente de baratos).

A primeira onda é o game Free 2 Play, que são jogos que foram lançados (ou ficaram assim no meio do caminho) “livres para jogar”, ou seja, não precisa pagar para jogar. Jogos assim geralmente surgiam quando eram lançados com nenhuma ou pouca pretensão, não querendo concorrer com os grandes títulos. Infelizmente, esses nunca foram muito especiais (ao meu ver), pois sempre faltava um quê a mais na diversão ou jogabilidade. São divertidos, mas seu fator replay não é alto.

Todavia, games mais promissores e com maiores pretensões estão se tornando F2P. A concorrência com grandes títulos virou uma nova ambição, proporcionando uma maior qualidade para esses. Foi dessa forma que jogos como Champions Online (tentando pegar um mercado que o alto valor de DC Universe Online não consegue pegar) ou Heroes of Newerth (acirrando a concorrência direta com o famoso DotA) tornaram-se Free 2 Play, além de outros títulos que colocam suas versões multiplayer disponíveis. Esses jogos também “forçam” os novos jogos que também têm a pretensão do F2P a surgirem com maior qualidade, seja gráfica, em jogabilidade e/ou em diversão.

Mas por que eu simplesmente não os chama de “gratuitos”? Eu considero gratuito aquele jogo que você não paga nada e tem liberdade total no jogo, e um Free 2 Play não é assim. Você o acessa gratuitamente, mas diversas vantagens são dadas a quem paga, seja por itens, armas, heróis ou pelo próprio jogo em si. Não estou dizendo que considero isso errado; pelo contrário. Um game envolve muito esforço e dedicação e merece ser recompensado por isso. O que estou dizendo é que essas vantagens a quem paga tornam o jogo um tanto desbalanceado; pessoas com dinheiro têm heróis mais fortes, com equipamentos mais poderosos e etc. Então, não posso considerar gratuito títulos cujos itens não estão disponíveis a todos.

Esse efeito também afeta os “intocáveis”. O MMO pago mais jogado do mundo World of Warcraft já anunciou que virá para o Brasil com preços bem módicos, com R$15 a mensalidade. A estratégia de expandir os horizontes da empresa, englobando o mercado nacional, que já gasta o dobro ou até o triplo disso por mês, também deve dobrar ou triplicar em números, pegando também os jogadores F2P brasileiros e brecando um pouco o avanço desses títulos em mercados emergentes e bastante promissores. Afinal, competir com uma gigante desse porte é sempre complicado.

Mas esse eixo também está balançando também as fabricantes de aparelhos. O corte nos preços do Nintendo 3DS já tem dado bons resultados, e arrasta, dessa forma, a venda dos softwares.  A Ubisoft, por exemplo, anunciou na Gamescon que o barateamento do aparelho afetou também as vendas de títulos da desenvolvedora, o que proporciona uma maior “união” entre as fabricantes. A Sony também fez uma “promoção” (que deve encerrar dia 30 de agosto) que abaixa o valor do PS3 no mercado brasileiro de R$1500 para R$1300 (versão de 160GB), e revelou há poucos dias que o valor do PS3 cai de $299 para $249.

Isso tudo tende a virar um “ciclo” do mercado. Consoles ficam mais baratos e vendem mais. Ao vender mais, mais títulos podem ser comprados, possibilitando a produção de novos e melhores títulos, com novas tecnologias, acarretando em uma evolução também dos equipamentos. Além disso, faz com que novos jogos e desenvolvedoras surjam com o objetivo de competir com os grandes e, embora nem sempre consigam brigar, ainda conseguem fazer jogos de qualidade, que podem ou não virar F2P para atingir um mercado maior. Ao virar F2P, outros jogos que são montados para seguir essa filosofia precisam ser melhorados para competir mais forte e saem com mais qualidade. Jogos F2P podem até desbancar alguns jogos pagos, fazendo com que esses fiquem mais baratos e outros jogos sigam essa filosofia para não perder o poderio no mercado, e por aí vai. Como eu disse, isso TENDE a virar um ciclo; não é uma regra. Porém, ao menos um pouco disso vira verdade e proporciona a todos nós a possibilidade um pouco mais real de termos finalmente um mercado mais barato e competitivo no ramo dos jogos e consoles.

Então, fabricantes de equipamentos e desenvolvedoras de jogos, notem o crescimento do Free 2 Play. Apoiem a disputa de mercado. Barateiem seus produtos. Nós, gamers, agradeceremos (e compraremos) MUITO.